Confira a lista de pessoas selecionadas para o seminário “Introdução ao Patrimônio Cultural Imaterial”

O programa IberCultura Viva e o Centro Regional para a Salvaguarda do Patrimônio Cultural Imaterial da América Latina (CRESPIAL) anunciaram, nesta sexta-feira 11 de setembro, os nomes das 119 pessoas selecionadas para participar do seminário virtual “Introdução ao Patrimônio Cultural Imaterial”, que organizam de maneira colaborativa no 4º Encontro de Redes IberCultura Viva. 

As inscrições estiveram abertas no Mapa IberCultura Viva entre 24 de agosto e 4 de setembro. Foram enviadas 190 postulações provenientes dos países membros de IberCultura Viva e do CRESPIAL. Colômbia (28), Peru (24), Argentina (23) e México (23) foram os países com maior número de pessoas candidatas. 

O número de vagas inicialmente designado era de 7 pessoas por país. No caso dos países que não completaram suas cotas, as vagas que sobraram foram repartidas entre aqueles que apresentaram um maior número de inscrições. A seleção levou em conta a ordem de chegada das inscrições e alguns critérios estabelecidos previamente no regulamento, como a divisão de vagas entre pessoas vinculadas a organizações culturais comunitárias e pessoas vinculadas a governos locais. 

O resultado final apresenta a seguinte distribuição: Argentina (10), Bolívia (3), Brasil (8), Chile (9), Colômbia (10), Costa Rica (9), Cuba (1), Equador (9), Espanha (3), El Salvador (9), Guatemala (7), México (10), República Dominicana (7), Paraguai (5), Peru (10), Uruguai (2) e Venezuela (7). 

As 119 pessoas selecionadas para participar deste seminário virtual receberão por correio eletrônico as instruções para acessar a plataforma e acompanhar as sessões. As aulas estarão disponíveis somente para as pessoas selecionadas nesta convocatória.

 

 

Metodologia

O seminário será realizado de maneira virtual e gratuita durante cinco semanas através da plataforma Moodle, que se encontra em https://formar.cultura.gob.ar/. As sessões serão em espanhol, às quartas-feiras, a partir das 11:00 no horário do Peru (13:00 de Argentina e Brasil, 18:00 da Espanha). Este encontro sincrônico uma vez por semana terá duas horas de duração e um trabalho de fórum de debate e reflexão, com tutores. Será mantido um fórum aberto continuamente durante a formação, incentivando o debate e a reflexão a partir dos encontros com os docentes.

A atividade faz parte do Programa de Fortalecimento de Capacidades do CRESPIAL, que  busca fortalecer as capacidades humanas e institucionais de gestores públicos, comunidades portadoras, ONGs, entre outros atores vinculados à gestão e salvaguarda do patrimônio cultural imaterial, através da cooperação regional e promovendo a participação comunitária como condição para a salvaguarda e a governança cultural. O CRESPIAL é um Centro de Categoria 2 sob os auspícios da UNESCO, com sede em Cusco (Peru). 

Esta série de encontros virtuais foi elaborada com base no material de Formação inicial – Anillo 1 do CRESPIAL, com o objetivo de sensibilizar um grupo de funcionários e pessoas da sociedade civil vinculadas com a salvaguarda do patrimônio cultural imaterial dos países membros do CRESPIAL e do IberCultura Viva. Os módulos se dividiram em quatro encontros temáticos e uma sessão final, prevista para 14 de outubro, para as conclusões e avaliação das sessões anteriores. 

  

Os módulos 

Seminário virtual: “Introdução ao Patrimônio Cultural Imaterial”

– Módulo 1: Conceitos-chave sobre PCI. Conhecendo a Convenção para a Salvaguarda do Patrimônio Cultural Imaterial da UNESCO. Docente: Miguel Hernández Macedo (Peru). Quarta-feira 16 de setembro 

-Módulo 2: Políticas públicas para a gestão e salvaguarda do PCI. Docente: Luisa Sánchez (Colômbia). Quarta-feira 23 de setembro

-Módulo 3: A participação comunitária no contexto da salvaguarda do PCI. Docente: Adriana Molano Arenas (diretora geral do CRESPIAL). Quarta-feira 30 de setembro

-Módulo 4: Medidas e ferramentas de salvaguarda do PCI. Docente: Lucas dos Santos Roque (Brasil). Quarta-feira 7 de outubro

Quem são os/as docentes 

Adriana Molano Arenas (Colombia) – Diretora geral do CRESPIAL

Antropóloga com especialização em Políticas Culturais e Gestão de Artes, com experiência de trabalho na elaboração e implementação de políticas públicas participativas em temas culturais. Também dirige projetos de fortalecimento do tecido social desde a perspectiva patrimonial no âmbito do desenvolvimento sustentável com comunidades afro, indígenas e camponesas. Coordenou o grupo de patrimônio cultural imaterial da Direção de Patrimônio do Ministério de Cultura da Colômbia de 2008 a 2015. Tem desenvolvido consultorias para a UNESCO e é especialista da Estratégia Global de Fortalecimento das Capacidades Nacionais para a Salvaguarda do Patrimônio Cultural Imaterial na América Latina e no Caribe.

 

Miguel Ángel Hernández Macedo (Peru) 

Antropólogo com estudos de pós-graduação em Gerência Social. Especialista em patrimônio cultural imaterial com 12 anos de experiência no Ministério de Cultura do Peru, como coordenador principal na elaboração de expedientes técnicos para a inscrição de elementos do patrimônio cultural imaterial na Lista Representativa do Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade da UNESCO. Conta com diversas publicações sobre expressões culturais peruanas, incluindo os livros “Cozinha e Identidade: a Culinária Peruana como Patrimônio Cultural Imaterial” e “El Q’eswachaka de Canas. Engenharia e tradição nas comunidades de Quehue”. Tem sido facilitador de oficinas e cursos sobre Patrimônio Cultural Imaterial no Peru e na América Latina e representante peruano ante organismos internacionais relacionados ao patrimônio vivo.

 

Luisa Sánchez (Colômbia) 

Antropóloga. Mestre em Antropologia Social e doutora em Sociologia pelo Instituto de Altos Estudos da América Latina IHEAL-Paris 3. Atualmente é professora, pesquisadora e diretora do Departamento de Antropologia da Pontificia Universidad Javeriana de Bogotá. Tem se concentrado na pesquisa das dinâmicas históricas, políticas e populacionais das regiões da Amazônia e a Orinoquia colombianas, com ênfase em processos migratórios para contextos urbanos. Foi assessora do Grupo de Patrimônio Cultural Imaterial no Ministério de Cultura da Colômbia. Ali trabalhou as linhas de Memória e Patrimônio, Pesquisa e Inventários. Nos últimos anos tem se especializado na análise comparada e na avaliação de políticas culturais, participando como consultora internacional em vários trabalhos do CRESPIAL, em cujo site pode-se consultar sua última publicação, “Miradas al PCI de América Latina, avances y perspectivas“.

 

Lucas dos Santos Roque (Brasil) 

Antropólogo. Mestre em Ciências Sociais com especialização em Patrimônio Imaterial e Comunidades Deslocadas de maneira compulsória. Tem 20 anos de experiência como técnico e coordenador na elaboração de pesquisas e trabalhos na área ambiental e cultural. Coordenou e executou diversos diagnósticos participativos e planos participativos de desenvolvimento comunitário, e também inventários de Patrimônio Cultural Imaterial (PCI). Na Estratégia Global de Fortalecimento de Capacidades da UNESCO, tem facilitado várias oficinas para a implantação das políticas de salvaguarda do PCI e outros temas relacionados. No CRESPIAL, lidera a elaboração do Plano de Diálogo e Fortalecimento de Capacidades da instituição, assim como a coordenação da elaboração dos materiais pedagógicos previstos neste Programa. 

 

 

Confira a lista de pessoas selecionadas:

Información a las interesadas – Proceso de selección – Convocatoria para el seminario virtual “Introducción al Patrimonio Cultural Inmaterial”

 

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *