Posts

Governo de San Luis Potosí realiza o conversatório “Direitos culturais e fomento da criatividade” 

O Governo Municipal de San Luis Potosí (México) impulsiona desde 2019 a construção coletiva de um marco de garantias locais em matéria de cultura e direitos humanos: a Carta da Cidade pelos Direitos Culturais. A iniciativa, desenvolvida em conjunto com a representação da UNESCO no México e a Comissão Estadual de Direitos Humanos de San Luis Potosí, contou com a participação de 282 agentes culturais em 15 mesas de trabalho realizadas durante dois conversatórios internacionais, bem como o recebimento e o registro de 69 propostas para a ação cultural local.

As jornadas UNESCO San Luis começaram em 7 de dezembro de 2019 com uma discussão sobre “Direitos culturais e igualdade territorial” na Universidade Autônoma de San Luis Potosí (UASLP). O segundo encontro, com o tema “Democracia cultural e direitos culturais“, foi realizado no dia 1º de fevereiro no Colégio de San Luis. A terceira, sobre “Direitos Culturais e Promoção da Criatividade”, estava marcada para o dia 28 de março, mas foi suspensa devido à emergência sanitária. O encontro ocorrerá agora, virtualmente, entre 29 de setembro e 1º de outubro, às 18h (horário da Cidade do México), com transmissão pelo Facebook de UNESCO México.

Duas dessas jornadas se enquadram como atividades anexas ao 4º Encontro de Redes IberCultura Viva e contam com a participação do programa. O painel da quarta-feira, 30 de setembro, “Políticas culturais para a resiliência”, terá a presença do argentino Emiliano Fuentes Firmani, secretário técnico de IberCultura Viva, e dos mexicanos Ernesto Piedras, especialista em economia cultural, e Lucina Jiménez, especialista em políticas culturais e desenvolvimento sustentável, educação em artes, direitos culturais e cultura de paz. 

O segundo painel, na quinta-feira 1º de outubro, será “Inovação para o reencontro”, com a participação de Esther Hernández, diretora geral de Vinculação Cultural da Secretaria de Cultura do Governo do México (e representante nacional ante o programa IberCultura Viva); Conrado Romo, do Laboratorio de Paz desde lo Común, da Secretaria de Segurança de Jalisco, e Gabriela Anguiano, subdiretora de Educação Continuada de Cultura Comunitária para a Cidade de México.

Este ciclo de vídeo-diálogos on-line e ao vivo pretende incitar a reflexão e o intercâmbio entre agentes locais, sobre os possíveis conteúdos da Carta da Cidade de San Luis Potosí pelos Direitos Culturais. “Políticas culturais para a resiliência” é um espaço que busca identificar e destacar os componentes necessários para uma política pública local em matéria de cultura, partindo de reconhecer a nova série de desafios sem precedentes que deixa ao setor a emergência sanitária por COVID-19. 

“Inovação cultural para o reencontro na nova normalidade”, por sua vez, busca ser um espaço de reflexão em torno ao desafio da recuperação afetiva e ocupação criativa do espaço público e dos territórios, com as ferramentas da arte e da cultura, após o período de confinamento obrigatório pela pandemia.

 

Saiba mais sobre as pessoas participantes:

 

Quarta-feira 30 de setembro

  • Emiliano Fuentes Firmani

Gestor da arte e da cultura e doutorando de Estudos Sociais na América Latina pela Universidade Nacional de Córdoba. Possui vasta experiência na coordenação e promoção de políticas culturais de diversidade e cidadania. Atualmente é secretário técnico do Programa IberCultura Viva.

 

  • Lucina Jiménez

É doutora em Ciências Antropológicas pela Universidade Autônoma Metropolitana (UAM). Especialista em políticas culturais e desenvolvimento sustentável, educação em artes, direitos culturais e cultura de paz. Atualmente se desempenha como diretora geral do Instituto Nacional de Belas Artes e Literatura.

 

  • Ernesto Piedras

Economista pela London School of Economics. Diretor geral de The Competitive Intelligence Unit. Colunista em matéria de economia e membro do Conselho Cidadão de Radio Educação. Autor do livro “¿Cuánto vale la cultura? Contribución económica de las industrias creativas en México”.

 

  • Sofía Córdova Nava (moderadora)

Ativista pelos direitos humanos das mulheres. Esteve à frente de Educación y Ciudadanía AC (Educiac), organização civil que busca o reconhecimento coletivo das pessoas como sujeitas de direito através de processos participativos que dignifiquem a vida para a transformação social. Atualmente é titular do Programa Puerta Violeta e da Instância Municipal das Mulheres em San Luis Potosí.

 

Quinta-feira, 1 de outubro

  • Esther Hernández

Pedagoga pela Universidade Nacional Autónoma de México (UNAM). Promotora e gestora cultural com experiência na elaboração e implementação de projetos culturais e artísticos com enfoque comunitário. Atualmente é diretora geral de Vinculação Cultural e tem a seu cargo o Programa Nacional Cultura Comunitária.

 

  • Conrado Romo

Mestre em Urbanismo pela Universidade de Guadalajara (UdeG). É consultor em matéria de participação cidadã, inovação governamental, dados abertos e comunicação. Tem escrito para meios como Horizontal.mx, o Fanzine e U Gob. É realizador multimídia, agitador cultural, promotor da cultura livre, da pirataria e dos bens comuns.

 

  • Gabriela Anguiano

Mestre em Gestão e Direção de Indústrias Culturais pela Universidade Europeia Miguel de Cervantes. Hasta 2018 dirigiu o laboratório de vinculação cultural RedLab. É coordenadora do Festival Nacional Levadura de Cultura Comunitária e se encontra à frente do Centro Cultural “El Rule, Comunidad de Saberes”.

 

  • Oscar Montero García (moderador)

Diretor da Coordenação Acadêmica em Arte e do Centro Universitário das Artes da Universidade Autônoma de San Luis Potosí. É roteirista de cinema e televisão pelo Centro de Capacitação Cinematográfica (CCC). Membro ativo da Sociedade Geral de Escritores do México (SOGEM). Autor de textos didáticos e especializados sobre cinema e roteiro audiovisual, assim como das obras “E uma dura chuva cairá” e “O filho do trovão”.

 

Onde assistir?

https://www.facebook.com/UNESCOMX/

www.facebook.com/iberculturaviva

https://www.facebook.com/CulturaSanLuisPotosi

Saiba mais: Unesco San Luis – ResiliArt – Carta de navegación

 

Leia também:

Segunda jornada UNESCO San Luis debate “Derechos culturales y democracia cultural”

Comienzan las jornadas “Hacia una Carta de la Ciudad de San Luis Potosí por los Derechos Culturales”

La Carta de la Ciudad de San Luís Potosí por los Derechos Culturales: una construcción participativa

 

(*) San Luis Potosí é uma das municipalidades integrantes da Rede IberCultura Viva de Cidades e Governos Locais. Saiba mais sobre a rede em http://iberculturaviva.org/rede-de-cidades/?lang=es